Leitura essencial para manter-se fresco

A Bowman publica novo folheto sobre refrigeração de sistemas de propulsão marítima elétricos e híbridos.

Em apenas alguns anos, a propulsão elétrica e híbrida passou de uma indústria a dar seus primeiros passos, para ser adotada como uma opção de propulsão convencional por muitos setores da indústria naval.

Embora esse nível crescente de aceitação seja frequentemente impulsionado pela legislação de emissões em muitas partes do mundo, também há inúmeros benefícios operacionais além das questões ambientais óbvias.

Por exemplo, os táxis aquáticos e outras embarcações utilizadas em lagos ou vias navegáveis interiores, não só beneficiam de emissões reduzidas de CO2, como também reduzem a poluição sonora. Da mesma forma, na pesca esportiva, onde é necessária energia total para sair para as zonas de pesca, mas muito baixa energia é usada durante operações de pesca como ‘trolling’, com um sistema híbrido, a energia pode ser trocada do motor principal para propulsão elétrica, permitindo que a embarcação seja operada com muito mais eficiência.

À medida que a indústria se desenvolveu, é encorajador ver que muitos conceitos antigos de propulsão elétrica ou híbrida agora se tornaram realidade, à medida que a demanda por esses produtos ganha dinamismo.

No entanto, uma questão que continua sendo essencial para seu sucesso é a refrigeração.

Estima-se que 70% de todos os navios necessitarão de refrigeração para o motor elétrico e, talvez, todos os navios necessitem de refrigeração para as baterias e equipamentos de controle elétricos associados.

A importância da refrigeração dos componentes elétricos não pode ser enfatizada, pois um princípio universal da eletrônica afirma que uma temperatura inferior em 10 °C (50 °F) dobrará a expectativa de vida de um componente elétrico.

Durante a Electric & Hybrid Propulsion World Expo em junho, o nível de interesse em refrigeração foi muito alto e durante todo a exposição, o stand da Bowman foi mantido ocupado com os visitantes procurando conselhos sobre refrigeração não apenas dos motores elétricos e baterias, mas também do equipamento auxiliar, incluindo conversores AC-DC, conversores DC-DC, carregadores de bordo, além de unidades de controle híbrido, motor/gerador elétrico combinados e grupos geradores acionados por motor.

Isso levou a Bowman a produzir um novo folheto técnico cobrindo sua linha de trocadores de calor de cascos e tubos para refrigeração de sistemas elétricos e híbridos. Com mais de 40 trocadores de calor listados no folheto, oferecendo uma dissipação de calor de 3 kW a 701 kW, esta é uma das gamas mais abrangentes atualmente disponíveis. Além de fornecer detalhes de desempenho, de especificação e dimensionais, o folheto também fornece informações sobre a seleção de produtos assistida por computador da Bowman, que permite que a empresa recomende o trocador de calor mais apropriado para os requisitos do cliente.

Com mais de 80 anos de experiência no fornecimento de trocadores de calor eficientes para a indústria naval, a Bowman está idealmente posicionada para recomendar as soluções de refrigeração mais eficazes para sistemas de propulsão elétrica ou híbrida.

Cópias do folheto estão disponíveis gratuitamente e podem ser baixadas em www.ej-bowman.com ou se preferir uma cópia impressa, entre em contato diretamente para +44 (0)121 359 5401 ou enviando um e-mail para sales@ej-bowman.com.